terça-feira, outubro 06, 2020

Pastor parnaibano é assassinado a tiros durante culto no DF; VÍDEO

De acordo com Polícia Civil, religioso estava ajoelhado e orando quando foi atingido pelas costas. Autor dos disparos fugiu. Fiéis e vizinhos da igreja evangélica onde o pastor Francisco Antônio dos Santos Marques foi morto a tiros durante um culto, no Distrito Federal, estão assustados. O amigo, e também pastor da igreja, Adão Luiz Rodrigues, afirmou nesta segunda-feira (5) que o crime foi uma execução." VEJA O VÍDEO:
"Desci correndo e até vi o rapaz jovem [atirador] correndo. Quando eu olhei aqui dentro da igreja o pastor já estava caído no chão. O cara chegou e deu cinco tiros", disse Rodrigues
De acordo com a Polícia Civil, o pastor assassinado tem 35 anos e estava ajoelhado, orando, durante o culto das 9h de domingo (4), quando foi atingido pelas costas. O autor dos disparos não havia sido encontrado até a publicação desta reportagem.
Uma mulher que participava da celebração ficou ferida. Ela foi baleada, de raspão, no pé direito.
O pastor Adão Luiz Rodrigues, contou que estava no andar de cima da igreja quando ouviu os disparos. Ele afirma que havia quatro pessoas no culto.
"Eu fiquei preocupado com meus filhos, desci correndo [...]. Quando eu 
Passado do pastor.
O pastor Francisco Antônio era casado e deixou um filho, de 3 anos. Segundo o colega Adão Luiz Rodrigues, ele estava a frente da igreja há 1 ano e meio e também trabalhava como pintor.
Um mulher que frequenta o templo disse que conhece a família do pastor e que ele "tinha se envolvido com coisas erradas no passado". Em fevereiro, o pastor Francisco falou em uma rede social sobre supostos crimes que cometeu no passado.

"Fui árvore verde por muito tempo. Latrocida, homicida, pistoleiro e assaltante. Quando fui pra igreja e dobrei os joelhos naquele altar, eu disse 'senhor, muda minha história'", disse o pastor durante pregação.
O crime
O assassinato do pastor Francisco Antônio dos Santos Marques ocorreu por volta das 9h30 de domingo, na igreja Assembleia de Deus Voz do Calvário, na QS 11, do Areal. O caso foi registrado como homicídio e lesão corporal na 21ª Delegacia de Polícia, de Taguatinga Sul. 
Segundo a polícia, peritos do Instituto de Criminalística (IC) compareceram à igreja para periciar o local. A mulher que ficou ferida foi encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML). Além disso, testemunhas também prestaram depoimento.
Fonte: G1/DF