sexta-feira, janeiro 08, 2021

Acusado de matar segurança do filho do governador do PI é morto com vários tiros

Um jovem identificado como Wanderson Vieira de Souza, 23 anos, foi assassinado a tiros na Avenida das Hortas, na zona Sudeste de Teresina. De acordo com a Polícia Militar, Wanderson é acusado de participar da morte do cabo Francisco das Chagas Nunes, morto quando fazia a segurança do filho do governador Wellington Dias em 2015. Na época, ele era menor e foi levado para o Centro Educacional Masculino.
A PM informou ainda que ao ser baleado o jovem foi socorrido por profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu e morreu ainda dentro da ambulância. No momento em que recebia atendimento médico foi encontrado com ele uma arma de fogo artesanal.
De acordo com testemunhas, foram efetuados pelo menos 10 disparos de arma de fogo, porém ninguém soube informar quem teria cometido o crime.
O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Até a publicação dessa reportagem ninguém havia sido identificado e preso.
MORTE DO PM.
Francisco das Chagas Nunes morreu no dia 6 de fevereiro de 2015 atingido por dois tiros em uma tentativa de assalto no bairro Ininga, zona Leste de Teresina.
Ele trabalhava há 10 anos como segurança da família do governador e acompanhava o filho de Wellington Dias, Vinícius Dias, em um culto quando foi abordado pelos criminosos. O policial militar dirigia o veículo quando reagiu a um assalto e foi atingido nas costas, vindo a falecer no local.
O corpo de Francisco das Chagas Nunes foi enterrado na cidade de Presidente Dutra (MA). A vítima tinha três filhos e era casado.
Fonte: Reporter 10