quarta-feira, agosto 25, 2021

Homem é assassinado a tiros dentro de casa em Ilha Grande do Piauí

Um homem identificado como João Batista Silva dos Santos foi assassinado com vários tiros na madrugada desta terça-feira (24) na casa onde morava em Ilha Grande, no litoral do Piauí. Segundo a Polícia Militar, o homem foi atingido por pelo menos quatro tiros.
A PM foi acionada por moradores do bairro Barro Vermelho por volta das 3h30. De acordo com o cabo Borges, da PM de Parnaíba, mais de 10 projéteis foram encontrados dentro da casa da vítima, de vários tipos: calibre 12, ponto 40, pistola 380 e revólver 38.
Ainda segundo a PM, moradores da região disseram que o homem era usuário de drogas, mas não há informações sobre o envolvimento dele com crimes.
Durante a remoção do corpo do local, mesmo com a presença da polícia, um popular escreveu em parte empoeirada na carroceria da viatura do Instituto Médico Legal (IML) a sigla “TD3”, que faz referência à facção criminosa PCC. O caso deverá ser investigado pela Delegacia de Combate à Homicídio, Tráfico de Drogas e Latrocínio de Parnaíba (DHTL).
Sem plantão no IML
Os policiais militares ficaram no local até as 8h da manhã, à espera a chegada do carro do Instituto Médico Legal (IML), para a remoção do corpo da vítima. O serviço estaria sem motoristas no plantão da madrugada. Na última sexta-feira (20), funcionários do IML de Parnaíba haviam denunciado que as viaturas tinham problemas mecânicos.
Os automóveis foram encaminhados a oficinas mecânicas para reparo. A previsão é de que um deles retornasse nesta terça-feira (24). O IML de Parnaíba conta com apenas duas viaturas para realizar o atendimento de 13 municípios da região.
Fonte: G1/PI com edição do Portal Costa Norte