quarta-feira, setembro 01, 2021

Eletricista morre ao cair de poste de iluminação pública no Piauí

Um homem identificado como Kledson Aguiar de Sousa, de 29 anos, morreu na manhã desta quarta-feira (1º) ao cair de um poste na praça do Bela Vista, Zona Sul de Teresina. A vítima era funcionária da Teresina Luz, que presta serviço de iluminação pública para a prefeitura.
Segundo o capitão Nilton, do 6º Batalhão da Polícia Militar, Kledson estava trabalhando quando se desequilibrou e caiu do poste. O funcionário sofreu uma pancada forte na cabeça.
"Ele estava com todos os equipamentos de proteção, porém a pancada foi muito forte. A equipe do Samu [Serviço Móvel de Urgência] reanimou ele e encaminhou o rapaz até o Hospital de Urgência de Teresina, mas ele não resistiu e faleceu", contou.
A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh) reforçou que o funcionário utilizava todos os equipamentos de proteção individual (EPIs) e que ele foi socorrido imediatamente, passou por cirurgia, mas veio a óbito.
"A Prefeitura de Teresina está acompanhando o caso para garantir que a concessionária dê o devido apoio à família", disse a Semduh.
Nota na íntegra
A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh) informa que, através da concessionária Teresina Luz, tomou conhecimento de que um funcionário da empresa terceirizada que presta serviços à Teresina Luz, morreu após um acidente de trabalho, na manhã de hoje.
A Teresina Luz, que é a empresa responsável pela iluminação pública de Teresina, informou à Semduh que o funcionário utilizava todos os equipamentos de proteção individual (EPIs) exigidos por lei para a execução do serviço.
O funcionário foi socorrido imediatamente e passou por cirurgia, mas veio a óbito ainda na manhã do dia 1°.
A Semduh esclarece que o contrato de PPP entre a Prefeitura de Teresina e a empresa Teresina Luz permite a subcontratação de empresas por parte da concessionária para a execução do serviço.
A Prefeitura de Teresina está acompanhando o caso para garantir que a concessionária dê o devido apoio à família enlutada.
Fonte: G1/PI