quinta-feira, setembro 02, 2021

Polícia Civil deflagra “Operação Araraúna” e prende 4 pessoas no Piauí

                                   Foto: Divulgação/Polícia Civil do Piauí
Polícia Civil do Piauí deflagrou na manhã desta quinta-feira (02), a “Operação Araraúna”, com objetivo de cumprir cinco mandados de busca e apreensão e prisão de indivíduos responsáveis pelos crimes de homicídio, latrocínio, roubo e ameaças a policiais nas cidades de Esperantina, Morro do Chapéu e São João do Arraial.
De acordo com a Polícia Civil, foram presos na operação os indivíduos identificados como A.C.N.J.; R.F.O; A.R.S.P e J.L.A.S, integrantes de um grupo que se denominava como “Minha Tropa”, conhecido por ostentar armas e drogas em vídeos nas redes sociais e apontado como responsável pelo latrocínio de Raimundo Araújo Filho, ocorrido no dia 27 de agosto de 2021, na localidade Boi Velho, zona rural de Esperantina.
Durante a Operação Araraúna foram apreendidos vários celulares, um revólver calibre .38, quatro espingardas de fabricação caseira, quatro munições calibre .38 intactas, duas motocicletas, dois recipientes com chumbo, dinheiro, balanças de precisão, substância análoga a cocaína e outros objetos.
Participaram da operação os policiais da 4ª Companhia do 12º Batalhão da Polícia Militar, da Força Tática e do Grupamento da Polícia Militar de Morro do Chapéu e São João do Arraial, da Diretoria de Inteligência da Polícia Militar do Piauí e das delegacias de Esperantina, Barras e Luzilândia.
Latronício de Raimundo Araújo Filho
Raimundo Araújo Filho, de 68 anos, foi morto com disparos de arma de fogo na noite do dia 26 de agosto, na localidade Boi Velho, na região da Lagoa dos Macacos, zona rural de Esperantina.
Segundo a Polícia Civil, o homem estava em sua residência, quando foi abordado por uma dupla armada. A vítima morava sozinha na residência.
Fonte: GP1