quarta-feira, setembro 29, 2021

Policia prende suspeito de assalto ao Banco do Brasil no Piauí; explosivos foram apreendidos

Um homem foi preso nesta quarta-feira (29/09), na zona rural da cidade de Livramento (PB), suspeito de participar de uma assalto ao Banco do Brasil na cidade de Miguel Alves, no Norte do Piauí.
Ele foi preso pela Polícia Civil do Piauí, através do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) e da Diretoria de Inteligência da Polícia Civil do Piauí, em parceria com a Polícia Civil da Paraíba, através da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (DRACO )
A prisão é decorrente de mandado de prisão expedido pela Comarca de Miguel Alves no âmbito de investigação presidido policial pelo Greco, que apontou ele como líder do bando criminoso que invadiu Miguel Alves em outubro do ano passado e roubou agência, em modalidade criminosa designada por Novo Cangaço.

Ele foi conduzido à Regional de Polícia Civil de Campina Grande (PB), onde será interrogado e adotadas como providências legais decorrentes de prisão para logo em seguida a ser transferido para Teresina, sob forte escolta da Polícia Civil do Piauí.
A ação policial também resultou na apreensão de armamento e explosivos e mais três presos. Além de Bicudo, foram presos outros acusados ​​do crime, entre eles um que estava fazendo uso de documento falso e era foragido da justiça do Piauí.
Segundo o GRECO, o homem preso tem vasto histórico criminal, notadamente roubo a banco, com prisões em vários estados da federação, com destaques para roubo a banco em Luzilândia, também no Piauí, ocasião em que o gerente foi morto.
A ação, executada pelo GRECO e DRACO, que culminou com a prisão, contou com o apoio das unidades operacionais das Polícias Civis do Piauí e da Paraíba, respectivamente, CORE e GOE e Diretoria de Inteligência da Polícia Civil do Piauí.
Informações 180 Graus