domingo, outubro 10, 2021

Idoso é preso e autuado em flagrante duas vezes no mesmo dia em Parnaíba

A primeira prisão ocorrida na tarde foi por porte ilegal de arma de fogo. A segunda com base na lei seca, no período da noite. Em 03 de outubro do ano passado, tinha sido preso portando revólver municiado em um barO professor aposentado, José Guilherme Feitosa, de 66 anos, foi preso por volta das 14hs 40 de sexta-feira(8), na Avenida Marquês de Paranaguá, no bairro Nova Parnaíba.
Uma patrulha da polícia militar coordenada pelo sargento Ribamar, foi acionada via Copom para atender ocorrência de disparo de arma de fogo em via pública, nas imediações de um bar na Avenida Marquês de Paranaguá.
Ao chegar no local, os militares encontraram o suspoto atirador dentro de um bar. Foi apreendido com ele um revólver calibre 32 com 06 munições, sendo 05 intactas e uma deflagrada.
O caso foi encaminhado à central de flagrantes, autuado com base no estatuto do desarmamento. Foi arbitrada fiança criminal no valor de R$ 1.000.00 (Hum Mil reais), para ser posto em liberdade.
A fiança foi paga por volta das 17hs e o preso colocado em liberdade.
Já por volta das 23hs 20 do mesmo dia, a patrulha Módulo II foi acionada via Copom para atender ocorrência de ameaça próximo de um bar Avenida Marquês de Paranaguá, no bairro Nova Parnaíba.
Ao chegar no local, populares apontaram para um veículo marca Nissan-Versa, de cor branca, parado em frente ao bar, e dentro dele havia um homem, que ao avistar a policia no seu encalço, tentou empreender fuga em alta velocidade, subindo o veículo numa calçada.
Na abordagem, os militares constataram o estado de embriaguez do condutor, ora identificado como José Guilherme Feitosa, que foi levado à central de flagrantes.
Autuado em flagrante delito mais uma vez no mesmo dia. Desta, com base na lei seca.
O delegado Hugo Alcântara arbitrou fiança criminal no valor de R$ 5 mil reais. Até o inicio desta manhã, o professor aposentado continuava preso.
Fonte: Portal do Catita