segunda-feira, outubro 25, 2021

Prefeito Felipe Ribeiro é homenageado com Medalha do Mérito Renascença

Nos 199 anos de celebração da adesão do Piauí à Independência do Brasil, o Governo do Estado realizou, em Parnaíba, um culto em Ação de Graças na Igreja Evangélica El Shaday e a cerimônia de Outorga da Ordem Estadual do Mérito Renascença do Piauí, no Complexo Porto das Barcas, onde foram homenageados homens e mulheres que transformam a vida de piauienses e contribuem para o desenvolvimento do Estado.
Ao todo foram 31 homenageados com a Medalha do Mérito Renascença, a mais alta comenda do Estado, da qual o Grão-Mestre é o governador do Estado do Piauí. A medalha é oferecida nos graus Grande Colar, Grã-Cruz, Grande Oficial, Comendador, Oficial e Cavaleiro. Tem um alinhamento hierárquico inspirado na Legião de Honra, principal comenda francesa.
Dentre os homenageados estava Felipe Ribeiro, prefeito do município de Cajueiro da Praia. O gestor vem se destacando com ações que levam melhorias para a cidade em todas as áreas. As parcerias importantes com o Governo do Estado garantem qualidade de vida à população.

Na oportunidade, o governador Wellington Dias explicou por que todo ano faz questão de relembrar o que significa a participação do Piauí na Independência do Brasil . “Foi aqui em Parnaíba que ocorreu um ato que deu início a todo o processo da Independência do Piauí. Éramos para ser colônia de Portugal, mas graças a esse ato comandado por Simplício Dias, João de Deus, Leonardo Castelo Branco e muitos heróis e heroínas que tiveram a coragem de dar um grito de independência, nós vencemos”, comentou.
Para Dias, o fato do piauienses terem se mobilizado pela independência é motivo de orgulho. “Quando os piauienses disseram: ‘nós queremos ficar integrados com o Brasil’, há documentos que comprovam isso. E Parnaíba se revela um polo importante a partir daí. Esse gesto já encorajou a montagem do primeiro governo, já permitiu que a gente tivesse, inclusive, logo depois esse enfrentamento, lá no Jenipapo. Cada um de nós piauienses devemos ter muito orgulho do que aconteceu aqui. Por isso que a cada ano eu volto para que tenhamos a consciência que não foi aquele levantar de espada lá no Ipiranga que resolveu tudo, teve uma batalha que foi enfrentada e o nosso povo do Piauí e da Parnaíba fazem parte dessa vitória”, disse o chefe do executivo piauiense.
Com informações da CCOM