sábado, dezembro 11, 2021

Justiça decreta prisão preventiva de homem que matou a própria filha no Piauí

O homem identificado como, Joelson Oliveira de Sousa, acusado de matar a filha, uma bebê de apenas 1 ano e 5 meses, durante uma discussão com a sua companheira, teve a prisão em flagrante convertida para preventiva. O pedido de prisão preventiva foi decreto pelo Juiz da Vara Única da Comarca de Amarante, Netanias Batista de Moura. O crime aconteceu na zona rural da cidade de Palmeirais-PI no dia 9 de Dezembro.
A decisão veio após audiência de custódia, ocorrida nessa sexta-feira (10). Segundo a Polícia Civil de Palmeirais, no dia 09 de dezembro, por volta das 6h, Joelson Oliveira de Sousa agrediu com um soco o rosto de sua companheira, L.da C. G, e em seguida desferiu um tapa que atingiu a nuca da sua filha recém-nascida, que estava nos braços da mãe. Após a agressão, a criança ficou inconsciente e apresentou sangramento no nariz, e em seguida veio a óbito.
Em sua decisão, o magistrado destaca que fica demonstrado que a liberdade do suspeito tende a perturbar a paz social e como o crime causou grande repercussão social na cidade, também apresenta risco à ordem pública.
Joelson Oliveira de Sousa será encaminhado ao sistema prisional, onde aguardará o trâmite do processo.