sábado, fevereiro 26, 2022

Cresce número de desalentados que desistiram de procurar emprego no Piauí

No Piauí, mais 41 mil pessoas passaram a fazer parte do grupo de desalentados entre o 4º trimestre de 2020 e o 4º trimestre de 2021. São consideradas desalentadas aquelas pessoas que desistiram de procurar emprego porque acham que não vão conseguir.
Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD Contínua) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com o aumento, da ordem de 21,9%, chegou a 226 mil o número de trabalhadores em situação de desalento no Piauí.
O crescimento vai na contramão do que ocorreu no país, onde o indicador teve queda. Entre o último trimestre de 2020 e o último trimestre de 2021, reduziu em 16,6% a quantidade de pessoas em desalento no Brasil. Isso representa que 950 mil pessoas saíram dessa condição.
Fonte: IBGE