quinta-feira, março 31, 2022

Piauí tem a gasolina mais cara do Brasil, aponta empresa de monitoramento


O preço médio do litro da gasolina no país chegou a R$ 7,323 nesta quinta-feira (31), o que representa um aumento de 6,9% no mês de março, segundo dados da empresa de gestão de frotas Ticket Log, que monitora cerca de 21 mil postos. O álcool (etanol hidratado), que vinha apresentando quedas desde dezembro, também terminou março em alta (1,1%), com preço médio de R$ 5,687 por litro.
O valor do litro dos combustíveis disparou em todo o Brasil após o mega-aumento anunciado pela Petrobras no último dia 10. O reajuste teve como pano de fundo a cotação do petróleo no mercado internacional, influenciada principalmente pela guerra na Ucrânia. No dia 11, a estatal reajustou em 18,8% o preço da gasolina às distribuidora, 24,9% o óleo diesel e 16,1% o gás de cozinha.
Para tentar conter o avanço, o presidente Jair Bolsonaro (PL) sancionou um projeto aprovado pelo congresso que altera a cobrança do ICMS sobre os combustíveis e zerou o Imposto de Importação sobre o etanol que compõe a gasolina, mas as medidas não foram suficientes para fazer frente aos aumentos praticados pela Petrobras.
A insatisfação do governo com a política de preços da estatal em ano eleitoral, que pressiona ainda mais a inflação, levou ao anúncio da troca na presidência da Petrobras.

GASOLINA SUBIU EM TODOS AS REGIÕES
De acordo com o levantamento da Ticket Log, todas as regiões registraram alta no preço da gasolina em março. O Nordeste já tinha, no início do mês, a gasolina mais cara (R$ 6,887) e segue no topo do ranking (R$ 7,461), com o maior aumento percentual (8,33%).
O Sul tem a gasolina com o menor preço médio, de R$ 6,93, e registrou alta de 5,96% no valor do combustível no mês de março mostra o levantamento.
Região; Gasolina; Álcool; Diesel
Centro-Oeste; 7,264; 5,271; 6,597
Nordeste; 7,461; 5,693; 6,686
Norte; 7,338; 6,057; 6,881
Sudeste; 7,339; 5,444; 6,272
Sul; 6,930; 5,810; 6,152
ÁLCOOL É MAIS VANTAJOSO QUE GASOLINA EM SEIS ESTADOS
O preço do etanol ficou maior em todas as regiões brasileiras, com exceção do Sul, onde apresentou baixa de 0,12% no litro. O maior valor médio foi registrado no Norte, a R$ 6,057, com alta de 0,55% em relação a fevereiro. A menor média foi encontrada nos postos do Centro-Oeste, a R$ 5,271, com recuo de 0,51%.
Segundo o índice de preços da Ticket Log, vale a pena abastecer com álcool em vez de gasolina em seis estados: São Paulo, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Paraná.
Confira o preço médio do litro de combustível por estado (média calculada em 31 de março):
Estado; Gasolina; Álcool; Diesel
AC; 7,41; 6,00; 7,17
AL; 7,26; 5,61; 6,55
AM; 7,11; 5,51; 6,58
AP; 6,87; ; 6,61
BA; 7,56; 5,64; 6,76
CE; 7,57; 5,97; 6,91
DF; 7,44; 5,96; 6,61
ES; 7,45; 5,91; 6,23
GO; 7,21; 4,88; 6,60
MA; 7,47; 5,94; 6,74
MG; 7,49; 5,20; 6,48
MS; 7,24; 5,34; 6,39
MT; 7,17; 4,90; 6,79
PA; 7,61; 6,60; 6,95
PB; 6,94; 5,17; 6,41
PE; 7,31; 5,49; 6,48
PI; 7,83; 5,75; 6,80
PR; 7,05; 5,15; 6,21
RJ; 7,68; 5,97; 6,20
RN; 7,63; 5,90; 6,65
RO; 7,54; 6,15; 6,86
RR; 7,30; 6,19; 7,29
RS; 6,80; 6,23; 6,08
SC; 6,94; 6,05; 6,17
SE; 7,59; 5,78; 6,88
SP; 6,74; 4,69; 6,18
TO; 7,54; 5,90; 6,72