domingo, junho 12, 2022

No Piauí, vigilante bancário é preso por suspeita de estuprar enteada cadeirante

A Polícia Civil do Piauí realizou, nesta sexta-feira (10), a prisão preventiva de dois homens, suspeitos de estupro de vulnerável na cidade de União. Após a captura, os homens foram encaminhados para a Central de Flagrante de Teresina, onde devem permanecer até o sábado (11), quando serão submetidos a audiência de custódia.
A prisão de um dos suspeitos aconteceu dentro de uma agência bancária, onde o homem, identificado apenas pelas iniciais M. S. de S., trabalha como vigilante. Ele é suspeito de estuprar sua enteada, uma criança cadeirante. “Isso ocorreu quando a menor tinha por volta de 10 anos de idade. Hoje ela tem 12 anos”, informou a delegada Jailza Gomes.
O outro preso trata-se de um homem, identificado somente como F. E. A. L. “Aconteceu ainda em 2021. O acusado é um professor e a vítima era uma vizinha dele, que na época tinha 13 anos de idade. Ele atraiu ela para casa dele, ela foi encontrada lá. Iniciamos as investigações e representamos pela prisão”, explicou a delegada.
As prisões foram realizadas pelo 20° Distrito Policial (DP) de União no bojo da Operação Salvus Puellis. “Foram cumpridos os dois mandados de prisão por estupro de vulneral, mas vamos do prosseguimento a operação nos próximos dias”, concluiu Jailza Gomes.
Breno Moreno/Cidade Verde