sexta-feira, julho 22, 2022

CRAS itinerante atenderá moradores na zona rural de Bom Princípio do Piauí

Para garantir o atendimento da população que vive, principalmente, na Zona Rural do município, descentralizando os serviços, a Prefeitura de Bom Princípio do Piauí, por meio da Secretaria de Assistência Social, idealizou um projeto do Centro de Referência da Assistência Social – CRAS Itinerante. Nessa sexta, as equipes se deslocarão para a comunidade Jenipapo levando serviços de orientação e inclusão nos benefícios sociais como, o CadÚnico, Auxílio Brasil, Tarifa Social de Energia, emissão de CPF, recadastramento e atualização do Número de Inscrição Social (NIS), inscrição de gestantes para o grupo Nascer Feliz, atendimento com o Conselho Tutelar, corte de cabelo gratuito para homens, mulheres e crianças, entre outros.
“Além de todos os serviços que são oferecidos pelo CRAS, estamos oferecendo atendimento com psicólogo, assistente social, acompanhamento das famílias que já são acompanhadas pelos nossos programas e a própria divulgação dos serviços. Dessa forma, estamos garantindo inclusão social e promoção dos nossos projetos para a população dessas localidades que por vezes tem dificuldade de procurar os serviços na área urbana”, destaca a secretária de Assistência Social de Bom Princípio do Piauí, Rivany Carvalho.

Na ação, os técnicos também realizaram o levantamento e encaminhamento do serviço de emissão da carteira de identidade que acontece na Secretaria de Cidadania. A ideia é levar os serviços da Assistência Social para locais mais distantes da sede e oportunizar garantias e direitos para todos, reforça o Prefeito Lucas Moraes.
Para realizar a ação, a equipe municipal segue num ônibus e no local conta com algum ponto de apoio, a exemplo de uma escola municipal Sebastião Pereira de Araújo, onde irá atender as localidades Jenipapo, Jenipapo dos Miguel, Tamarindo, Baixão, Sítio, Lagoa Escura, Pereirão, Braz, Boqueirão, Baixa da Carnaúba 2. Durante a iniciativa a equipe do Programa Criança Feliz irá realizar oficinas com as crianças enquanto as famílias são atendidas pelos serviços.
Para um melhor atendimento, a Secretaria de Assistência Social orienta que os beneficiários compareçam ao atendimento munidos de alguns documentos pessoais como RG, CFF e comprovante de residência.
FONTE: SECOM – PMBPP