segunda-feira, julho 18, 2022

Piauí continua vendendo a gasolina mais cara do Brasil, diz ANP

O Sistema de Levantamento de Preços, da Coordenadoria de Defesa da Concorrência da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), divulgou neste domingo (17) um conjunto de dados sobre o preço médio e mínimo da gasolina comum nos estados brasileiros, que mostra que o Piauí continua com a gasolina mais cara do Brasil, com o valor médio de R$ 6,89.
A relação de preços foi divulgada levando em consideração o período de 10 a 16 de julho de 2022, tendo sido colhidas informações em pelo menos 5.400 postos de combustíveis em todo o Brasil e 68 no Piauí.
De acordo com esse levantamento, o Piauí tem o preço mínimo de R$ 6,35 e o máximo de R$ 7,55. Essa realidade permanece, ainda que na terça-feira (12) a governadora do estado, Regina Sousa, tenha sancionado a lei que diminuiu para 18% a alíquota do ICMS. A expectativa era que o valor da gasolina reduzisse R$ 1,13.

Na lista dos preços que estão sendo cobrados nos postos de combustíveis das capitais brasileiras, Teresina também ocupa a primeira posição como a que tem a gasolina mais cara, com o valor de R$ 6,89, ficando na frente de cidades como Maranhão (R$ 6,61), Ceará (R$ 6,56) e São Paulo (R$ 5,89).
Ranking do preço médio da gasolina por estado:
1º - Piauí: R$ 6,89
2º - Pernambuco: R$ 6,64
3º - Maranhão: R$ 6,61
4º - Rio Grande do Norte: R$ 6,60
5º - Ceará: R$ 6,56
6º - Amazonas: R$ 6,55
7º - Acre: R$ 6,44
8º - Bahia: R$ 6,44
9º - Tocantins: R$ 6,36
10º - Roraima: R$ 6,32
11º - Sergipe: R$ 6,15
12º - Alagoas: R$ 6,13
13º - Pará: R$ 6,10
14º - Rio de Janeiro: R$ 6,06
15º - Espírito Santo: R$ 6,05
16º - Rondônia: R$ 6,05
17º - Mato Grosso: R$ 6,05
18º - Paraíba: R$ 6,00
19º - Rio Grande do Sul: R$ 5,96
20º - Distrito Federal: R$ 5,90
21º - Santa Catarina: R$ 5,89
22º - Minas Gerais: R$ 5,89
23º - São Paulo: R$ 5,89
24º - Paraná: R$ 5,86
25º - Goiás: R$ 5,83
26º - Mato Grosso do Sul: R$ 5,58
27º - Amapá: R$ 5,28
Fonte: GP1