sexta-feira, agosto 05, 2022

TJ/PI apresenta campanha Sinal Vermelho em Cajueiro da Praia

A campanha Sinal Vermelho lançada, oficialmente, no mês de julho, pelo Tribunal de Justiça do Piauí vem percorrendo todo o estado na busca pela disseminação da informação e combate à Violência Doméstica. Na última quinta-feira (04), a coordenadora estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica do Tribunal de Justiça do Piauí, juíza Leyla Raniere, esteve no município de Cajueiro da Praia, acompanhadas de equipe técnica, onde realizou um evento reunindo representantes da Prefeitura.
O evento teve como objetivo apresentar a campanha e destacar a importância de realizar um trabalho de conscientização provocada pela campanha no sentido de mudar a cultura machista e patriarcal ainda enraizada na sociedade.
Na ocasião, a coordenadora estadual e vice-presidente da Associação dos Magistrados Piauienses (Amapi), juíza Keylla Ranyere Procópio, destacou que a Sinal Vermelho, além de um alerta, é uma campanha de solidariedade e amor às mulheres. “A Sinal Vermelho transformou-se em um grande movimento nacional. Quem sabe, num futuro breve, quando vivermos num mundo mais igual e mais humano, não sejam mais necessárias ações como esta. Enquanto este mundo ideal não chega, sejamos solidários com quem sofre e precisa de ajuda”, ressalta.

A campanha Sinal Vermelho foi criada em 2020, em âmbito nacional. Em 2021, deixou de ser campanha e se transformou numa lei federal. “Este ano, o Poder Judiciário do Piauí retoma o tema Sinal Vermelho, ampliando-o com ações de cunho jurídico e social, a fim de promover maior conscientização de toda a sociedade”, disse a secretária do TJ, Allany Macêdo.
A vice-prefeita de Cajueiro da Praia, Nathália Regis garantiu que o município abraça a campanha desenvolvida pelo Tribunal de Justiça. “Sem dúvida a campanha tem uma importância muito grande, não só para Cajueiro da Praia, mas para todo o estado do Piauí. Precisamos acabar com a violência doméstica, precisamos que as mulheres não se calem, os vizinhos, parentes, amigos não se calem diante de qualquer tipo de agressão. Em nosso município já estamos trabalhando, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, campanha educativas visando colocar fim a este tipo de ação contra as mulheres”, disse Nathália.
De acordo com Nathália Regis, a proposta é que o município desenvolva uma campanha integralizando todos os órgãos municipais para combater qualquer tipo de violência. “Somos um município turístico e vamos trabalhar a educação até mesmo com aqueles que nos visitam. Vamos atuar com mais ênfase nas escolas, nos postos de saúde, junto aos programas de atendimento às famílias. Sabemos que é um trabalho difícil, mas não impossível e contamos com o apoio de nossos secretários”, acrescenta.
Participaram da reunião com o Tribunal de Justiça do Piauí, as secretárias municipais de Turismo, Cilene Sá, de Assistência Social, Gracilene Fontenele, a secretária do TJ, Allany Macêdo, a presidente da Associação de empresários de Cajueiro da Praia, Mariana Rebelo, assessoras do TJ/PI e representantes de pousadas e hotéis da região.
Ascom PMCP